FANDOM


Espião - Parte 1 é o 11° capítulo de Yakusoku no Neverland.

SinopseEditar

Em breve.

EnredoEditar

O capítulo começa com Emma observando as crianças se divertindo, imaginando qual delas seria o espião de Mama. Após isso, Ray pergunta a ela qual era a média de Phil nos últimos testes, na qual Emma diz que era em torno de 203. Ray então diz que, além dessas notas serém altas, ele também foi uma das últimas crianças a serem pegas pela Irmã Krone no Pega-Pega e também sempre fica a procura de Norman e Emma junto com Shelly. Emma então interrompe Ray, mandando ele parar, com Ray respondendo a Emma que ela deveria aprender a duvidar das pessoas.

No refeitório, Emma e Ray voltam a conversar. Aparece um flashback de Emma, Norman e Ray conversando na floresta, onde Norman diz que eles executarão a fuga no dia 8 de novembro, dez dias depois. Emma diz que eles estavam sendo muito apressados. Ray diz que Mama não irá fazer nada para pará-los, o que significa que eles tem tempo para planejar a fuga mais detalhadamente. Norman responde dizendo que é necessário se tornar imprevisíveis para Mama, além de que seria melhor se escapassem antes do Inverno. Norman diz que a Mama está tentando enganá-los, fazendo-os pensar que ainda tem tempo, e diz que eles devem sair de lá assim que tirarem os transmissores. Ray pergunta se isso não é impossível e Norman responde dizendo que, mesmo sendo arriscado, eles tem que conseguir preparar tudo nesse tempo.

Norman decide que a primeira coisa que eles deveriam fazer antes da fuga é fazer com que Don e Gilda se unissem à eles. Norman também diz que, caso eles fossem espiões da Mama, eles tentariam descobrir o que fazer de agora em diante.

Ray pergunta como iriam falar as coisas para eles, já que dependendo das palavras escolhidas, os dois poderiam achar que aquilo não passava de uma "brincadeira doentia" e que nem todos acreditariam neles como ele. Emma diz que eles não irão contar a verdade para eles, já que a Mama poderia começar um envio antecipado a qualquer momento e, caso aqueles dois não soubessem da verdade, poderiam ser poupados.

O Trio se encontra com Don e Gilda na Biblioteca, onde os dois estavam esperando. Eles então contam a eles uma versão adulterada sobre a história da fazenda de carne, substituindo ela por tráfico humano. Após Emma terminar de contar a história, Don começa a rir, achando que tudo não passava de uma brincadeira deles, porém logo para ao perceber a seriedade no rosto deles. Ele então pergunta a relação de Isabella com tudo isso e Emma diz que ela é quem está vendendo seus irmãos, o que enfurece Don, que não acha que uma pessoa boa como ela pudesse fazer algo assim. Gilda então fala para Don que não acha que eles mentiriam sobre algo assim, e que andou sentindo nos últimos dias que tanto o trio quanto a Mama estavam agindo de forma diferente.

Conforme Gilda continua a falar, ela acaba começando a chorar, fazendo com que Emma se culpe por fazer ela se preocupar tanto. Gilda então pergunta a Emma se ela viu Conny sendo vendida, e Norman diz que eles viram, mas não conseguiram impedir a tempo, o que fez com que Don começasse a gritar perguntando se ela está bem. Emma então diz que eles iriam escapar de lá juntos e salvar a Conny. Norman entrega a Don e Gilda uma análise com a pontuação de todos os irmãos que foram levados, mostrando para eles o padrão que era seguido nas entregas. Os dois então resolvem a se unir à Norman, Ray e Emma para tentarem fugir de Grace Field House.

A cena vai para Norman e Ray saindo da Biblioteca, com Norman comemorando o fato do plano deles ter funcionado. Ray discorda, dizendo que mesmo tendo funcionado, eles deveriam ter revelado a morte da Conny para eles. Norman diz que essa foi a melhor opção para fazer com que o plano prossiga, mas Ray diz que aquelas mentiras foram cruéis e pergunta se eles vão conseguir contar a verdade para eles quando chegar à hora. Norman diz que quando chegar a hora, eles vão descobrir e que no momento não sabem se os dois são espiões ou não.

A cena então vai para Emma e Gilda, que estavam conversando. Após passarem muito temppo conversando como faziam quando eram crianças, as duas se deitam e tentam dormir. No entanto, Gilda acaba se levantando e indo para algum lugar, o que surpreende Emma, que estava fingindo dormir.

Acontece então um flashback de uma conversa do trio mais cedo, onde Norman diz que tentariam algo para descobrir se eles são espiões ou não: dizer aonde as cordas estão escondidas. Eles iriam dizer duas localidades diferentes para as cordas para cada um deles. Eles então deixariam cordas extras nesses dois lugares e a corda que desaparecesse seria do espião, pois ele tentaria contar os segredos para a Mama o mais rápido que pudesse. Norman então diz que eles descobririam quem é o espião em breve.

O Flashback termina e a cena vai para o Escritório da Mama, onde ela estaria fazendo seu trabalho, com uma mensagem do espião sobre a localização das cordas passando por debaixo da porta. A cena muda novamente, dessa vez seguindo Gilda, que acaba encontrando a Irmã Krone, que diz estar esperando ela. Emma, que tinha seguido Gilda, resolve seguir as duas para ver o que elas andam conversando.

A cena volta para o Flashback e Norman explica qual será a localização dada para cada um deles: Para Don eles falariam sobre as cordas embaixo da cama do Norman e para Gilda sobre as cordas que estão acima do teto do banheiro no 2° andar. A cena então volta para Mama, que abre o bilhete com os dizeres "CORDA NORMAN CAMA", que ela interpreta como a localização da corda.


Elementos de Investigação Editar

Neste capítulo tivemos os seguintes Elementos de Investigação:

  • 11.1 - Gilda acorda no meio da noite para falar com a irmã Krone;
  • 11.2 - Alguém deixa, debaixo da porta da Mama, um bilhete indicando que as "cordas estão na cama de Norman"; 

CuriosidadesEditar

  • Na ordem cronológica da série, este capítulo ocorre no dia 29 de Outubro de 2045.