FANDOM


Eu Quero Viver é o 26º capítulo de Yakusoku no Neverland.

SinopseEditar

O plano não está agindo como as crianças queriam. Agora, eles devem achar uma maneira de salvar Norman da morte.

EnredoEditar

Seguindo os eventos do fim do capítulo anterior, os cinco estão espantados com a notícia de que Norman será enviado. Ray vê a perna de Emma quebrada e pergunta à Mama Isabella o que aconteceu, ela responde que a quebrou, mas de uma forma que ela poderá se curar em 1 ou 2 meses, afirmando que espera que se cure até o aniversário de Ray, irritando o mesmo, que a chama de vadia em pensamento. Isabella pede a bolsa com as cordas para Norman, ele a entrega e todos retornam à casa, aonde as crianças se preocupam e se assustam ao ver o estado de Emma.

Do lado de fora, Don, Gilda e Ray conversam sobre o que aconteceu. Com o plano de investigar e escapar impossível, Don pergunta o que eles vão fazer, Ray diz que eles tem que fazer Emma se curar rápido, fazer novas cordas e que eles irão escapar, algo que ele mesmo faria, mas eles teriam que focar em Norman agora. Gilda questiona porque o Norman entre todos eles foi escolhido, Don acha estranho a situação, lembrando que notas altas resultava em qualidade, então Norman deveria ser um dos últimos a ser enviados, Ray concorda. Em pensamento, ele vê como possibilidade que o Quartel General ordenou a morte de Norman, lembrando da conversa com Mama no dia anterior, também lembrando que ela eliminou Irmã Krone, cortou os laços com ele e quebrou a perna de Emma, tudo para o envio acontecer. Gilda não consegue acreditar que até mesmo Krone seria eliminada, Don lembra que ela estava viva e sorridente antes do almoço, mas seu corpo com vida não existe mais, pensando se era isso que aconteceria com Norman.

Norman supostamente morto

Norman morto na mente de Emma.

Na enfermaria, Norman está ao lado da cama de Emma. Ela, em pensamento, diz que não sente mais nada em sua perna, ela olha para Norman e imagina ele morto no caminhão em sua frente, tendo certeza que ele irá morrer. Ele diz à Emma para não se preocupar, pois Mama apenas pegou suas cordas e ainda não sabia o plano verdadeiro, afirmando que a perna de Emma ficaria melhor e seu plano seria cumprido com sucesso. Ela não está preocupada com a fuga e sim com a vida de Norman. Ele sai da enfermaria para buscar um copo de água para Emma, então Thoma e Lani entram para vê-la. No caminho, Norman reconhece o quão patético foi pelo fato de querer desesperadamente viver e cai de joelhos em frente ao bebedouro, repetindo várias vezes que quer continuar vivo com seus irmãos.

Do lado de fora, Don pergunta a Ray o que eles farão e ele responde ferozmente que irão libertar Norman custe o que custar. Ambos Ray e Emma estão planejando fazer Norman escapar de qualquer jeito e impedir sua morte. Ray afirma a Don e Gilda que eles ainda tem um dia para fazer Norman escapar, mas pensa na possibilidade dele recusar. Enquanto isso, Norman pensa que, se fugir, há chances de Emma e Ray serem enviados e também a segurança poderia ser aumentada, não possibilitando uma segunda fuga. Decidido a ficar e aceitar seu destino, Norman afirma que irá arruinar por completo os planos de Mama antes disso. Voltando a enfermaria, ele encontra Emma e Ray o encarando, eles afirmam que não irão deixá-lo morrer e que ele irá escapar no dia seguinte.

Elementos de InvestigaçãoEditar

Este capítulo possui os seguintes Elementos de Investigação:

  • 26.1 - A ordem de enviar Norman mais cedo que os outros parece não fazer muito sentido;

CuriosidadeEditar

  • Este capítulo se passa no dia 2 de Novembro de 2045.
  • Este capítulo foi o capítulo que teve a maior posição na TOC, estando em 1º lugar.