FANDOM


Principal Galeria

Aviso: Este artigo está em processo de construção. Tenha em mente que muitas informações estão faltando.

Eu quero ser como eles! Eu quero... Alcançá-los! Não há outra opção... Se eu quiser salvar a todos deste lugar!

—Uma das inspirações de Emma para fugir com todos.

Emma (エマ, Emma) é uma menina que vive no Planta 3 e é a protagonista da série. Emma é uma das crianças mais velhas da casa e, junto com Norman e Ray, é uma das únicas crianças a tirar a nota perfeita nos Testes de Inteligência.

Personalidade Editar

Emma é uma garota energética, otimista, determinada, esforçada e carinhosa. Sendo uma das crianças mais velhas do orfanato, ela desempenha um papel carinhoso e maternal com todas as outras crianças mais novas, como uma verdadeira irmã mais velha. Ela não tolera a ideia de abandonar as crianças no orfanato para cumprir seu destino pré-determinado, mesmo sabendo que isto custaria sua liberdade, assim como não tolera que elas sejam ofendidas, como tentou bater em Ray quando ele disse que algumas das crianças eram simplesmente burras, demonstrando um lado agressivo. Ela gosta de demonstrações de carinho das pessoas que ama, como ficava satisfeita por tirar a nota perfeita, não pela nota em si, mas pelo carinho que recebia de Mama.

Emma se preocupa mais com os outros do que com ela mesma, colocando-os acima dela em diversas situações. Quando descobriu que o orfanato era, na verdade, uma fazenda, ela chorou de preocupação por todos os seus irmãos, por saber que o destino deles era a morte, não se preocupando com seu próprio destino. Outro exemplo é que, mesmo após ter sua perna quebrada por Mama Isabella, ela não estava preocupada consigo e sim com a vida de Norman, tentando salvá-lo de seu destino a todo custo. Por isso, ela tem uma grande vontade de ajudar o seu próximo, sendo muito prestativa com todas as crianças do orfanato. Não aparenta ser alguém que guarda rancor como visto em várias situações, como perdoou instantaneamente Don, mesmo após ele tentar atacá-la.

O desejo de Emma

Emma almejando alcançar Norman e Ray.

Além de querer fugir com todos os seus irmãos, Emma possui outro objetivo: alcançar e estar no mesmo patamar que Norman e Ray, almejando ser tão inteligente, calculista e calma como eles são diante das situações. Por isso, ela se esforça ao máximo para agir como eles e, consequentemente, ser reconhecida por eles, como quando foi ela que lhes apresentou William Minerva.

Após a morte de Norman, a vontade de Emma de escapar com todos da casa aumentou, afirmando que não permitiria que a morte dele fosse em vão. Com isso, Emma conseguiu fingir uma depressão que convenceu até mesmo Isabella, para atrair sua atenção à ela e permitir que Don e Gilda agissem sorrateiramente.

Aparência Editar

Emma é uma menina magra, de pele clara e cabelo ruivo volumoso e curto. Emma tem rosto um tanto redondo, sobrancelhas pequenas e olhos verdes. Emma está sem sua orelha esquerda, devido a tê-la cortado durante o suposto incêndio em que estava Ray.[3] Veste o uniforme feminino do orfanato, que consiste em uma camisa branca de manga longa com gola, saia branca e botas marrons.

HistóriaEditar

PassadoEditar

Emma pequena

Emma com 5 anos olhando uma sala no Portão.

Emma nasceu no ano 2034, sendo enviada para a Planta 3 um ano depois, crescendo junto com várias outras crianças, fazendo amizade com Norman e Ray, e sendo cuidada por Mama Isabella. Em 1º de Janeiro de 2039, 4 anos depois, Norman acabou ficando doente e Mama ordenou que ninguém ficasse com ele para não adoecer, mas Emma desobedeceu esta regra várias vezes, tentando falar com Norman, mas sendo impedido por Mama, até que ela finalmente achou uma forma deles conversarem: através de um telefone sem fio.[4] Em algum momento do mesmo ano, ela, Norman e Ray foram até o portão e pergunta a eles o que eles fariam quando forem pra fora, ela diz que gostaria de montar em uma girafa. Porém, eles não entram no portão, após lembrarem do que Mama disse, mas a curiosidade de Emma não sacia.

Arco de IntroduçãoEditar

Emma e as crianças

Emma acordando junto com as outras crianças.

Com a introdução da série, Emma, como todos os dias, acorda às 6 da manhã e acorda todas as crianças, ajudando elas a se arrumar e brincando com elas. Indo à cozinha, ela encontra Ray e Norman, dando bom dia a eles. Por estar brincando com as crianças, Ray pergunta se ela tinha 5 anos, irritando Emma. Mama a chama e afirma que ela não deveria mudar, pois ama o seu jeito carinhoso, alegrando-a. Eles preparam o almoço e almoçam, depois, todos fazem os Testes de Inteligência, com o trio mais velho tirando as notas perfeitas, para felicidade de Emma pelo carinho que receberia de Isabella. Após os testes, eles vão para o lado de fora e brincam de pega-pega, com Norman sendo o pegador. Ao se esconder na floresta, ela se depara com a cerca e começa a pensar sobre o "mundo exterior". Voltando ao pega-pega, ela é a última a ser pega por Norman, mesmo sendo superior a ele em habilidades físicas. Indignada, ela pergunta a Ray como isso era possível, ele explica que ele ganha por causa das táticas e lhe dá uma breve aula sobre as estratégias usadas por ele.

Emma e os diman

Emma vendo os demônios pela primeira vez.

Mais tarde, todos se reúnem para a despedida de Conny, aonde ela revela seu sonho de ser uma mãe como a Mama e que nunca abandonará-los. Seu sonho comove todos e a Emma a abraça. Conny é levada por Mama, causando tristeza à Emma. Ela vai até o quarto e encontra o Pequeno Bernie, bicho de pelúcia de Conny, perguntando como ela pôde. Ray conta que viu as luzes acesas no portão, significando que Conny ainda estaria lá. Norman se oferece para ir lá com Emma e eles vão. Ao chegarem no portão, eles encontram o local vazio, apenas com uma caminhão. Emma resolve deixar Bernie na caminhonete, mas é chocada ao ver o corpo de Conny sem vida. Ao escutarem um barulho, eles se escondem debaixo do caminhão e avistam dois seres altos, deduzindo que eles sejam demônios. Escutando a conversa deles, eles descobrem que o orfanato é uma fazenda de carne humana e que eles são produtos, além de Mama saber de tudo. Os dois correm para longe do portão e Emma cai no chão, em um estado de negação sobre tudo que havia descoberto, mas Norman a traz de volta a realidade, fazendo Emma gritar e chorar. Norman a consola, afirmando a ele que eles irão fugir com todos os seus irmãos, mas, por enquanto, fingiriam que não sabiam de nada. Percebendo a calma de Norman, ela decide não chorar mais e ter as mesmas táticas de Norman.

Os dois voltam à casa e dizem a Ray que não conseguiram nada, embora tenham esquecido o Pequeno Bernie lá. Ao dormir, Emma tem um pesadelo onde ela vê Conny morta em uma mesa de jantar, com um demônio querendo devorá-la, acordando assustada. Ela começa sua rotina, mas com uma expressão triste e desanimada, até que encontra Norman e finge estar feliz, lembrando de sua fala no dia anterior. Após fazerem os testes, Emma e Norman conversam fora do orfanato, ela comenta sobre as janelas com grades impossíveis de abrir da casa, comparando o orfanato como uma gaiola.

Habilidades Editar

Emma tem grandes habilidades físicas e grandes reflexos, tornando-a sempre a última a ser pega nos jogos de pega-pega. Emma é a criança com maior fôlego e capacidade física da casa, sendo superior até mesmo de Norman, que só consegue pegá-las por causa de suas estratégias. Emma é uma garota muito inteligente, sendo ela, junto com Ray e Norman, a que tira nota perfeita nos testes, isto a torna estrategista, calculista e analítica, embora seja bem menor que as habilidades de Ray e Norman.

É dito que Emma tem uma incrível capacidade de aprendizagem, o que lhe permitiu estar sempre entre os três melhores das crianças. Graças a isso, ela também é capaz de memorizar perfeitamente as coisas, como disse que seria fácil memorizar 10 tipos de formação de times. Ela demonstrou saber e entender código morse.[5] Ela tem uma grande capacidade de manipulação de suas expressões e sentimentos, podendo enganar até Mama Isabella que até checou seus batimentos cardíacos.

Curiosidades Editar

  • Segundo Kaiu Shirai, desde que começou a escrever Yakusoku no Neverland, a protagonista era uma menina.
  • Emma está sendo preparada para poder se tornar uma mama por Mama Isabella, tendo todos os requisitos: notas perfeitas e a recomendação de sua mama.

Referências Editar

  1. Extras do Volume 1
  2. Capítulo 1, página 16
  3. Capítulo 32, página 12
  4. Capítulo Bangaihen
  5. Capítulo 17, página 6-7